FARMA 2020

SÍNTESE DO PROJETO

O projeto em causa compreende uma significativa reformulação da área de produção de produtos farmacêuticos sólidos orais. O reforço tecnológico do aparelho produtivo nesta área altamente competitiva é essencial para garantir o crescimento estruturado da atividade fabril da companhia nos próximos anos. Pretende-se com o projeto criar uma das áreas produtivas mais avançadas do país, agregando uma extensiva utilização de tecnologia de ponta a um layout redesenhado segundo os mais exigentes padrões internacionais. Um ponto-chave do projeto passa por automatizar toda a área de compressão e enchimento de cápsulas, criando aquilo que julgamos ser a primeira área de produção autónoma nestas especialidades farmacêuticas. O tipo de desenho proposto para a nova área produtiva de sólidos da FARMALABOR foi detalhadamente estudado com auxílio de consultores especialistas nacionais e internacionais, representando o standard mais elevado disponível à data.

Cofinanciado por:


FARMA 30M

SÍNTESE DO PROJETO

O objetivo do projeto é o aumento da capacidade instalada e da competitividade operacional, alavancado pela otimização dos recursos produtivos e energéticos e adoção de tecnologias avançadas de gestão da informação que permitam a automatização, integração e disponibilização atempada de informação para a tomada de decisão.

Pretende-se com o projeto criar uma das áreas produtivas mais avançadas do país, agregando uma extensiva utilização de tecnologia de ponta a um layout redesenhado segundo os mais exigentes padrões internacionais. Um ponto-chave do projeto, passa por automatizar toda a área de compressão e enchimento de cápsulas, criando aquilo que julgamos ser a primeira área nacional de produção autónoma nestas especialidades farmacêuticas. O resultado prático desta expansão, e na impossibilidade de a medir de uma forma mais física, tendo em conta a diversidade de produções e formulações, pode ser comprovado pela variação do VBP (Valor Produto da produção) que de acordo com o estudo efetuado irá variar entre 2017 e 2023, cerca de 9.600.000 euros, o que corresponde a um acréscimo de quase 55% da atividade.

Cofinanciado por:


SEROLOGY4COVID

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos:

A intenção deste projeto é desenvolver e aumentar a escala de realização do teste de diagnóstico ELISA, de modo a facilitar a avaliação da resposta imunológica ao vírus SARS-CoV-2. Esta iniciativa colaborativa, inovadora e sinérgica está completamente alinhada com as recentes necessidades do Serviço Nacional de Saúde (SNS) como resposta à pandemia atualmente vivida e a futuras pandemias.

Com base na totalidade das evidências científicas disponíveis, é razoável acreditar que este teste serológico múltiplo será efetivo e crítico para avaliar a resposta imune humana ao vírus. O objetivo deste projeto, ao desenvolver este dispositivo serológico, é contribuir para um conhecimento mais profundo da suscetibilidade populacional ao vírus SARS-CoV-2 e suas vias de transmissão comunitária, apoiando estudos epidemiológicos no estabelecimento da distribuição temporal e geográfica da infeção.

Este dispositivo será crítico em estudos que avaliem a intensidade e duração da resposta imune, bem como se a mesma tem tradução em imunidade ao vírus. Apoiará, assim, a produção e a implementação de vacinas, bem como todas as estratégias orientadas para um desconfinamento seguro. Assim, o Lab. Medinfar (MEDINFAR), em colaboração e recorrendo às competências técnicas e científicas do consórcio Serology4COVID (representado pelo Instituto de Biologia Experimental e Tecnologia (IBET) e Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC)), irá reunir todos os esforços para desenvolver, produzir e distribuir um novo teste serológico, capaz de suprimir a necessidade atual de compreender e avaliar a resposta dos anticorpos ao recente vírus SARS-CoV-2 , para um novo e melhorado diagnóstico. 

Nesse âmbito, o Lab Medinfar, como Proponente do Projeto, através da sua experiência enquanto grupo farmacêutico líder na investigação e desenvolvimento e no fabrico de diversas tecnologias em saúde, associado à subcontratação das competências científicas sólidas dos membros que integram o Consórcio Serology4Covid, encontra-se numa excelente posição para alcançar com sucesso o objetivo deste projeto: Desenvolver, fazer a transposição (upscale) para a escala industrial e comercializar um teste laboratorial ELISA, de diagnóstico serológico, capaz de ser amplamente disponibilizado laboratorialmente à população.

O projeto resultará em impactos muito importantes para o Lab. Medinfar (indiretamente para os membros do consórcio científico) e, certamente, para Portugal.

Representará o reforço da capacidade, estratégica e independente, do país poder testar a resposta imunológica da população ao vírus, com um saldo claramente positivo para a saúde pública e para a economia portuguesa. Além disso, o desempenho que antecipamos acerca da precisão, do rigor e da fiabilidade do teste, posicionará igualmente esta solução como um ativo relevante, também, para os mercados internacionais.

Este projeto irá reforçar a diferenciação e capacidade de inovação do Lab. Medinfar, posicionando num lugar de destaque da inovação farmacêutica a nível nacional e internacional, podendo representar a abertura de um nicho de atividade muito relevante num futuro próximo.

Cofinanciado por:

Lisboa 2020


ABCOV2: Desenvolvimento de um fragmento de anticorpo neutralizante contra SARS-CoV-2

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos:

SARS-CoV-2, responsável pela doença pandémica Covid-19, é caracterizado pela sua rápida propagação e transmissão virulenta de humano para humano. Apesar dos inúmeros esforços desempenhados a nível mundial por cientistas e clínicos, não existe atualmente uma vacina eficaz ou terapêuticos antivirais específicos disponíveis para o tratamento da Covid-19.

Neste âmbito, a Medinfar, recorrendo a serviços científicos da Technophage, propõe recorrer a um processo de descoberta e otimização rápida de anticorpos humanos com o objetivo de desenvolver fragmentos de anticorpos neutralizantes diretamente a partir de amostras de sangue de pacientes de Covid-19.

Os fragmentos de anticorpos neutralizantes poderão ser utilizados como agentes antivirais terapêuticos e/ou profiláticos, e serão administrados aos pacientes através de um dispositivo de inalação.

Tendo em conta os objetivos do projeto e as suas áreas de investigação e desenvolvimento, os processos e métodos cientificos a realizar a com forte predominancia de atividades de cariz laboratorial e analítico, o custos operacionais de laboratorio e o elevadíssimo now-how e especialização exigidos a todos os intervenientes, fazem com que os custos do projeto ultrapassem o limite de 500 mil euros.

Também em termos de duração do projeto, estamos perante um esforço enorme para garantir a concentração das atividades no mais curto espaço de tempo possível, de modo a não só garantir uma rápida resposta em termos de investigação, como não onerar em demasia o projeto com etapas e tarefas mais prolongadas ou com margens de segurança para a sua realização, o que resultaria maior imputação de custos.

Houve também a preocupação de garantir equipas de projeto muito racionalizadas e reduzidas aos perfis indispensáveis para a realização do projeto e otimização dos resultados esperados.

Cofinanciado por:

Lisboa 2020


MEDINFAR 2020: Desenvolvimento de uma formulação inovadora para aplicação tópica de Minoxidil, previamente encapsulado em sistemas coloidais de base lipídica

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos:

O projeto visa o desenvolvimento de uma formulação tópica terapêutica de Minoxidil, previamente encapsulado em sistemas coloidais de base lipídica, permitindo uma utilização segura e eficaz sem reações adversa ao medicamento. Esta abordagem, sem utilização de solventes orgânicos, contribuirá para preservar a estabilidade do medicamento e melhorar a sua eficácia. O novo medicamento, com uma composição e processo de fabrico industrial simples, manterá a mesma eficácia terapêutica e apresentará estabilidade física, química e microbiológica adequada durante um período de tempo compatível com a utilização prevista.

Desta forma, durante o desenvolvimento deste projeto estão previstas atividades de otimização da formulação mediante a utilização dos sistemas transportadores lipídicos de pré-formulação e formulação, otimização do processo de fabrico de lotes à escala piloto e lotes à escala industrial, bem como os respetivos estudos de estabilidade. Futuramente, proceder-se-á ao registo de pedido de autorização de introdução no mercado à autoridade nacional do medicamento e produtos de saúde.

Pretende-se numa 1ª fase estabelecer a formulação qualitativa e as especificações técnicas do produto acabado. A 2ª fase do projeto engloba as atividades inerentes ao desenvolvimento farmacêutico contendo Minoxidil encapsulado em partículas lipídicas sólidas, tendo como base as especificações do produto acabado e posteriormente a validação do método de análise do produto acabado para os seguintes parâmetros - especificidade, gama de trabalho, sensibilidade, limites analíticos, precisão, exatidão e estabilidade das amostras. A última fase do projeto engloba o scale-up, estabelecimento da equivalência terapêutica e registo do medicamento da entidade reguladora nacional, tal como descrito anteriormente.

Cofinanciado por:

Lisboa 2020